sábado, 1 de agosto de 2020

COM TRISTEZA COMUNICAMOS O FALECIMENTO NO MUNICÍPIO DE OLIVEIRA DOS BREJINHOS DE GERALDO DE ARAÚJO SANTANA (CANETÃO)


CANETÃO DO POVO: UMA HISTÓRIA QUE O TEMPO NÃO APAGA.

Quem não conhece o nosso grande amigo Geraldo de Araújo Santana, o popular Canetão? Homem simples, de sorriso largo, que acompanha o seu povo em todos os momentos da vida, seja na alegria ou na tristeza. Aquele cara que faz parte da memória de muita gente por sua generosidade e companheirismo.


Mecânico e motorista de taxi, Canetão estudou nos Colégios IEIA (Instituto de Educação Isaías Alves) e no Colégio Central, em Salvador. Retornou à Oliveira dos Brejinhos ao final da década de 1960, quando foi professor no CECOB. Muito popular entre a juventude da época, que desejava uma pessoa mais jovem na prefeitura, teve o apoio de lideranças locais, incluindo o ex-prefeito João Nery - seu pai, o então prefeito Carmerindo José Pereira e o senhor Edson Borges, que veio a ser seu vice na chapa. Disputou a eleição com Anatalino Teixeira da Cunha e com o professor Antônio, que apesar de adversários, nunca foram considerados seus inimigos. Foi eleito prefeito de Oliveira dos Brejinhos em 1982 para um mandato de quase 6 anos, dedicando à sua administração ao crescimento físico da cidade.


Em sua gestão Canetão levou água para muitos locais desse município e direcionou sua administração ao crescimento físico da cidade, foi o único dos oito filhos de João Nery a entrar para política e dedica-se a ela por vocação.


Tive o prazer de conhecer e ser amigo desse grande ser humano, com seu jeito gentil era amigos de todos, que Deus cuide de você amigo, foi um grande prazer ter sido seu amigo, ele será lembrado para sempre por aquele que o conheceram.


Jovane Sales
Blogueiro



Publicidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário