segunda-feira, 5 de outubro de 2020

COVID-19: AUMENTO DE CASOS ASSUSTA PARTE DA POPULAÇÃO BRASILEIRA, A OUTRA PARTE NÃO ESTA NEM AI...

 

Acordei nesse inicio de semana com uma ligação do meu amigo Alex de Gilberto me dizendo que os Bares da Praça de Macaúbas estavam lotados de pessoas de outros municípios, se isso era normal, ele estava preocupado... Respondi, claro que não amigo, boa parte de população do Brasil ainda acredita que a COVID-19 não existe e que não mata ninguém...

A segunda ligação foi também do amigo Gilson Moises comentando sobre o município que ele residia no estado do Tocantis (Colinas dos Tocantis), lá esta feia a situação, muita gente morrendo e contaminada pela COVID-19. Parabenizo Gilson pela abertura do Restaurante Parada Obrigatória que funciona no Acesso de Macaúbas, lá pode funcionar sim, esta seguindo todas as recomendações da Secretaria da Saúde.

Joelma fala o que sentiu com a COVID-19

Vamos da alguns exemplos de abertura errada e faltas de cuidados da população: 

Município de Macaúbas: 

Existe 245 pessoas suspeitas ou monitoradas, 26 notificadas, 12 aguardando resultado, 51 pessoas contaminadas sendo que 36 já estão recuperadas e 13 casos ativos.



Município de Ibipitanga:

Existe 428 pessoas suspeitas ou monitoradas, 467 notificadas, 35 aguardando resultado, 38 pessoas contaminadas sendo que 09 já estão recuperadas e 29 casos ativos.


Município de Salvador: 

Houve um aumento de 10% de casos de COVID-19 e a luz amarela foi acessa.


Município Colinas do Tocantis:

Município onde residiu nosso conterrâneo Gilson Moiseis. População 35.000 habitantes, confirmados 2.756 casos ativos 176 pessoas que perderam a vida 35, nossa luta é para que essa tragédia não chegue a Macaúbas.


Município de Feira de Santana: 

Falece na noite deste domingo, 4, vítima de Covid-19, o ex-prefeito da cidade de Feira de Santana, Joselito Amorim, de 101 anos

 

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), fez nesta segunda-feira (5) um alerta sobre a situação da pandemia de coronavírus na cidade. De acordo com ele, a gestão acendeu a “luz amarela” após a média móvel da doença registrar, na semana passada, aumento de 10% na quantidade de casos a partir da manifestação dos primeiros sintomas.

Segundo o prefeito, não é possível dizer que o crescimento nos números evidencia tendência de novo aumento de ocorrências da Covid-19 na capital baiana, mas aponta para a necessidade de mais atenção e reforçar as medidas contra o coronavírus. Neto ponderou que os dados usados para medir este suposto novo avanço não fazem parte do padrão aplicado pela prefeitura, mas explicou a importância desta estatística.

 

FONTE: JORNAL A TARDE, BAHIA NOTICIA

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário