segunda-feira, 7 de dezembro de 2020

COMO O TRABALHO REMOTO ESTÁ MUDANDO OS SALÁRIOS DA ÁREA DE TECNOLOGIA EM TEMPOS DE CORONAVÍRUS


Na era digital a boa gestão de um negócio depende de uma série de fatores relacionados com a tecnologia e a internet. Ter um site, um registro de domínio e um bom serviço de hospedagem de sites são apenas alguns desses requisitos.

Além do mais, esse momento da era digital é marcado por outro detalhe que não pode ser desprezado: o coronavírus. A presença da Covid-19 alterou de forma drástica o dia a dia das empresas e dos consumidores.

O distanciamento social se tornou um termo constante no cotidiano das pessoas, afetando as vendas no comércio e até a rotina de trabalho em escritórios, indústrias e outros ambientes corporativos.

Felizmente, diante dos recursos que possuímos hoje em dia, o trabalho remoto se tornou uma alternativa para driblar as adversidades que a pandemia coloca no meio do caminho.

Por isso, os salários de quem entende de hospedagem de sites, servidores, linguagens de programação, algoritmos e outras tecnologias estão super valorizados.

Sendo assim, nesse artigo trazemos para você alguns tópicos importantes sobre o assunto.

O Home Office na era do Coronavírus e os benefícios do trabalho remoto.


O Home Office na era do Coronavírus

Antes mesmo da Covid-19 bagunçar o ano de 2020, o trabalho remoto, também conhecido como o Home Office, já havia deixado de ser uma tendência para se tornar uma solução no cotidiano de várias empresas.

Diante das possibilidades e facilidades que várias ferramentas digitais passaram a proporcionar, muitos gestores encontraram no Home Office uma opção prática e econômica para manter a produtividade no trabalho.

Além disso, o Home Office deu espaço para freelancers das mais variadas áreas, bem como proporcionou a valorização de várias profissões baseadas no segmento digital e de tecnologia, como, por exemplo, a análise de Dados, marketing de redes sociais e muitas outras.

Isso, de certa forma, gera uma mudança de salários. As chamadas “profissões do futuro”, cada vez mais baseadas na digitalização e também passíveis de serem exercidas em Home Office, oferecem salários vantajosos.

Outro ponto importante é que a reforma trabalhista também vale para o trabalho remoto, trazendo para os profissionais que atuam nesse tipo de regime alguns direitos e deveres bem definidos.

AS PROFISSÕES DO FUTURO

As mudanças de salário também possuem relação com as profissões do futuro que, muitas delas, ironicamente, já estão cada vez mais presentes devido ao trabalho remoto. Veja algumas delas a seguir.


DESENVOLVEDOR DE EDGE COMPUTING

A chamada “edge computing”, ou a “computação de borda” é uma abordagem tecnológica que vai além da já conhecida “computação em nuvem”.

Ela, na verdade, possibilita um processamento de dados eficiente, em que grandes quantidades de dados podem ser processadas perto da fonte, reduzindo o consumo de largura de banda da Internet.

Esse tipo de serviço se torna fundamental para vários tipos de empresas e pode garantir salários tentadores.

ANALISTA DE DADOS

Diante da enorme quantidade de dados referente a uma empresa, é fundamental que eles sejam organizados e analisados. Com isso, é possível obter informações importantes sobre o comportamento do consumidor e assim elaborar estratégias de marketing mais eficientes.

Para coletar, organizar e analisar essa grande quantidade de informações, entra em cena o analista de dados. Profissional cada vez mais cobiçados por grandes empresas.

DESENVOLVEDOR DE INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Da Netflix aos chatbots no atendimento de uma loja online, o fato é que a Inteligência Artificial (IA) está cada vez mais presente em nosso dia a dia.

Por isso, contar com profissionais que entendam o funcionamento de algoritmos e como eles podem ajudar as empresas são fundamentais. Sendo assim, profissionais que dominam os conceitos básicos e avançados da Inteligência Artificial são bastante requisitados.

 

FONTE: BLOG MICHELE MAGALHÃES


Nenhum comentário:

Postar um comentário