domingo, 14 de fevereiro de 2021

MACAÚBAS NA BAHIA TÊM 614 CASOS CONFIRMADOS DE COVID-19 COM 60 ATIVOS, OS BARES CONTINUAM LOTADOS E O PODER EXECUTIVO NÃO FAZ NADA

Podem lotar a praça, a praia, as igrejas se aglomerarem nos bares, ruas e esquinas, usarem as máscaras no queixo ou nem usarem. Pode autorizar feriado, ponto facultativo, jogo de futebol, bailão, rodeio, cinema etc.

Mas você sai a rua e vai a esses eventos SE QUISER. Quem cuida do teu CORPO é só você mesmo.

Quando estiver com um respirador enfiado na goela, usando fraldas e cheio de tubos, teus companheiros de festa nem vão poder te visitar. Pense nisso, a verdadeira festa é ter saúde. 

Não precisa lei, nem decreto de Prefeito, nem de Governador. 

A preocupação de se cuidar tem que ser tua e de mais ninguém. 

A Prefeitura de Macaúbas publicou um aviso de detenção para quem infringir as determinações, mas, não está fazendo a sua parte: as barreiras sanitárias continuam fechadas, a equipe de vigilância continuam sem funcionar  e os funcionários da saúde continuam sem a gratificação nos salários que foi cortada pela atual gestão, além disso as aglomerações continuam, esperem passar o feriado de carnaval aí vão ver a quantidade de pessoas que vão se contaminar com as festas clandestinas.

E para piorar a situação e com certeza aumentar o número de casos da COVID-19 o Prefeito Municipal decretou feriado dia 16.fev.2021 e ponto facultativo no dia 17.

Vamos pedir a Deus que os casos não disparem depois desse feriado, nossa parte estamos fazendo, mostrando o perigo e implorando ao Prefeito Municipal de Macaúbas para cancelar esse DECRETO vergonhoso, em um momento que estamos vendo o aumento de casos em nosso município, no estado na Bahia e no Brasil, que é mais um de tantos outros erros dessa equipe de assessores.

O povo precisa entender e fazer sua parte, devem lembra que se não fizer isolamento nada vai adiantar nem vacina, se não nos unirmos e fazermos nossa parte, seremos vencidos pelo vírus. "Futebol em Macaúbas 14.fev.2021".

A população continua tentando colocar culpa nesse ou naquele medicamento, nesse ou naquele tratamento, mas não abre mão de sair, passear, ir a barzinho, festas, praia enfim aglomeração desnecessária. 

Vamos nos cuidar até para poder dar uma folga a quem nesse momento está sobrecarregado de cuidar dos descuidados, os heroicos profissionais da saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário