domingo, 26 de julho de 2020

MÉDICOS FAZEM APELO A SOCIEDADE



Queremos fazer um apelo cordial ao senso comum das pessoas que aceitaram a falta de confinamento como se a pandemia tivesse terminado e como se tivéssemos voltado à normalidade antes do início desta crise.


Infectar-se com o coronavírus não é um resfriado comum:.


Alguns pacientes sentirão febres altas, dores de garganta e aperto no peito a tal ponto que parece que a vida está indo embora e o pior está lá;



É necessária ressuscitação.

Fala-se de ventilação, mas NÃO é uma máscara de oxigênio colocada na boca e no nariz enquanto você se diverte pensando em sua vida, não!

A ventilação invasiva para o COVID-19 é a intubação que é feita sob anestesia geral e que consiste em permanecer por pelo menos 2 a 3 semanas sem se mover, geralmente de bruços (posição prona) com um tubo na boca até a traquéia, o que permite respirar no ritmo da máquina à qual está conectada.

Você não pode falar, comer ou fazer qualquer coisa naturalmente porque o desconforto e a dor que você sente exigem a administração de sedativos e analgésicos para garantir a tolerância ao tubo.

Durante o tempo em que o paciente precisar que a máquina respire, ele estará em coma induzido, ou seja, em coma artificial.

Em 20 dias com este tratamento, um paciente jovem terá uma perda de massa muscular de 40% e a reeducação subsequente será de 6 a 12 meses, associada a trauma grave na boca ou nas cordas vocais. É por esse motivo que os idosos ou pessoas frágeis em sua saúde não perduram.

Todos devem levar isso a sério, agora que tudo está liberado novamente.

Continue com sua vida mas, não esqueça se seguir as orientações da Secretaria da Saúde e lembre-se de que tudo que esta acontecendo deve ser levado muito mais a sério.

Esta pandemia só ira terminar quando a vacina for encontrada, NÃO ANTES.


MÉDICOS INTENSIVISTAS




Publicidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário