segunda-feira, 31 de agosto de 2020

MACAÚBAS, INICIADA A CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA A RAIVA



É importante que os cães e gatos sejam imunizados, para proteger não só os animais, mas toda a família e a comunidade, principalmente por conta da alta letalidade da doença”, afirma. A raiva é transmitida através da penetração do vírus contido na saliva do animal infectado, pela mordedura e mais raramente pela lambida em feridas abertas, mucosas ou por arranhões, com letalidade próxima a 100%.

Orientações:

É recomendado à população, em caso de ataque animal, lavar o ferimento imediatamente com água e sabão e procurar com urgência a unidade de saúde mais próxima para receber o tratamento adequado. 

É importante que no ato da consulta a pessoa esteja munida de todas as informações possíveis sobre o animal para que o profissional possa fazer a análise do caso.

Em relação ao animal, é indicado deixá-lo sob observação durante 10 dias, para que se possa identificar qualquer sinal indicativo da raiva.

Se o animal não tiver dono, deve-se entrar em contato imediatamente com a Vigilância epidemiológica que ordenará a captura dele. É de extrema importância que os cães e gatos sejam vacinados, já que essa é a única forma de prevenção da doença.




Nenhum comentário:

Postar um comentário