domingo, 18 de outubro de 2020

ELEIÇÕES CATURAMA: VERGONHOSO O QUE ACONTECEU NO DIA 17 OUTUBRO DE 2020 EM CATURAMA BAHIA

 

POVODADO DE FEIRA NOVA EM CATURAMA BAHIA 17.out.2020

Desrespeitando os Decretos Estadual, Municipal e Recomendações do TSE e do Juiz Eleitoral, os dois grupos políticos de Caturama fizeram movimentos que causaram medo na população desse belo município da Bacia do Paramirim.

Um movimento teve carro de som mas, não teve discurso, levou uma multidão para o evento do Candidato que vai ganhar a eleição e pode não levar se continuar desrespeitando a Lei.

O outro movimento teve bem menos gente, foi realizado pelo Ex-Prefeito que vai perder a eleição segundo comentários da população, não teve carro de som mas, teve discurso e levou bastante gente, bem menos do que o movimento do atual Prefeito, mas, desrespeitou também os Decretos, se o ganhador ganhar e não levar o segundo lugar também não levará pois, também esta desrespeitando as determinações da Justiça. 

Mas, pensando bem, o politico não é culpado sozinho, a população também é culpada, mais ainda, quem participa de um evento como esse acima é irresponsável, fique sabendo, se vocês forem contaminados e levar o vírus para suas casas e sua família for contaminada e vier a óbito, será culpa de vocês, e viverão com esse remorso o resto da vida, se conseguirem.  

A um mês das votações municipais de 2020, o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, intensifica a campanha de conscientização de candidatos e candidatas às prefeituras e câmaras municipais baianas sobre a necessidade de atuar com segurança para evitar o contágio do coronavírus, relançando o lema “Eleições limpas passam pelas nossas mãos”. 

Com um dos slogans “Aglomerou? Tá Cancelado!”, a campanha do TRE-BA incentiva o respeito às regras sanitárias vigentes no estado e que os candidatos e candidatas evitem promover aglomerações. A ideia, sugerida pelo presidente do Regional da Bahia, desembargador Jatahy Júnior, é difundir entre os que pleiteiam cargos eletivos no poder municipal o entendimento sobre os cuidados necessários à realização de uma eleição em meio à pandemia. 

“As eleições vão acontecer para garantir o direito do voto e também a renovação dos mandatos, que devem sempre ser conquistados nas urnas. Entretanto, é preciso respeitar não apenas a legislação eleitoral como as regras sanitárias, para garantir que tudo aconteça com segurança. O candidato que não seguir por aí será cobrado antes de tudo pelos próprios eleitores”, afirmou o presidente. 

A ação do TRE-BA reforça o que foi estabelecido na Resolução Administrativa nº 30/2020, publicada em 21/9. O documento regulamentou o poder de polícia da Justiça Eleitoral e vinculou as eleições municipais às regras sanitárias estabelecidas pelo governo do estado para evitar o contágio de Sars-Cov-2 durante as campanhas eleitorais e no dia de votação. 

O tema “Eleições limpas passam pelas nossas mãos” surgiu em 2018, quando o desembargador Jatahy era corregedor eleitoral. Naquele ano, a intenção era evitar a desinformação, preocupação ainda vigente em todo o país. “Em 2020, essa mensagem adquire também esse outro sentido, de cuidar para que todos possamos votar com saúde”, disse o presidente.   

A campanha é uma parceria entre a Ouvidoria, a Seção de Atenção ao Cliente e a Assessoria de Comunicação. (TRE-BA)

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário