quarta-feira, 4 de novembro de 2020

ELEIÇÕES BOTUPORÃ E BOQUIRA: JUSTIÇA ELEITORAL APLICA MULTA A CANDIDATO DE BOTUPORÃ E IMPUGINA CANDIDATURA DE CANDIDATO DE BOQUIRA


Nosso Blog foi informado que os dois grupos políticos de Botuporã foram proibido de fazer eventos com aglomerações sem o uso de máscara e sem o distanciamento de 1,5 metros, conforme as medidas sanitárias, sob pena de multa de 50 mil, dois dias depois de expedida a liminar, o grupo do Candidato Edmilson realizou um ato de campanha em frente ao comitê, o evento foi filmado e levado ao conhecimento da Juíza que aplicou a multa.

O candidato Edmilson recebeu uma multa de 50.000,00 (essa multa cabe recurso).

Pessoas de Botuporã disseram que é o desespero por causa da pesquisa que aponta a vitória de Dr. Paulo Neves, todos sabemos que na reta final da campanha quem esta atrás nas pesquisas procura de todas as formas reverter esse resultado ....


TRE INDEFERIU CANDIDATURA DE MARCO TULIO DO MUNICIPIO DE BOQUIRA

Relator opina pelo cancelamento do registro do candidato Marco Túlio, no parecer o Relator diz que o Tribunal de Contas do Município desaprovou as contas do então Prefeito Sr. Marco Túlio Vilasboâs referente à gestão dos recursos repassados por meio do convênio Nº 40/08 para a construção de quadra esportiva, inclusive com trânsito em julgado, conforme se vê na fundamentação do voto do relator.

A Decisão ainda cabe recurso, se o candidato continuar com sua candidatura e perder o recurso toda sua chapa terá o registro cancelado, ou seja, se ganhar não leva e se perder todos perdem também, até os vereadores que forem eleitos perderão os seus cargos.

Um fato desse tipo aconteceu em Macaúbas, o candidato teve que substituir a sua candidatura um dia antes da eleição, pois, se perdesse o recurso até os Vereadores que fossem eleitos, perderiam a eleição.







Nenhum comentário:

Postar um comentário