segunda-feira, 28 de dezembro de 2020

NOVO AEROPORTO DE MACAÚBAS: VÍDEO DA INAUGURAÇÃO E IMAGEM DO PRIMEIRO VOO NOTURNO

SALVANDO VIDAS”: PRIMEIRO ATENDIMENTO DE UTI AÉREA É FEITO A NOITE USANDO PISTA DE POUSO DO AEROPORTO SELMA NUNES.

Na noite desta sexta feira, 25, por volta das 20h, fez em Macaúbas pouso no Aeródromo Selma Nunes, recém inaugurado, uma aeronave UTI aérea com a finalidade de fazer transporte urgente de uma paciente da cidade de Ibipitanga, este foi o primeiro registro após a inauguração da pista de pouso. Fazendo o seu papel social de servir a Macaúbas e toda micro região, um marco de desenvolvimento social, cultural e econômico para toda Bacia do Vale do Paramirim, como tinha preconizado o idealizador do projeto o empresário dos combustíveis Robinson Nunes e o Prefeito de Macaúbas Amelinho.

Vídeo da inauguração do novo Aeroporto de Macaúbas

Essa remoção só foi possível pois, a pista de pouso é provida de instrumentos que dão condição de pousos noturnos, ou seja, o aeródromo Selma Nunes, pode receber pouso e decolagens de aeronaves 24h por dia, sete dias por semana, criando assim um verdadeiro “portal” de desenvolvimento entre Macaúbas e o mundo, encurtando distâncias, minimizando custos, otimizando investimentos, provocando o desenvolvimento regional e sua integração com mercados fornecedor e consumidor, mas, que isso, e de quebra: SALVA VIDAS, o que é o bem mais valioso.

Este empreendimento é sem dúvida um marco, gerador de perspectivas positivas, criador de “embriões” e de centenas de possibilidades que podem alavancar o progresso e desenvolvimento regional. Viabilizando assim, investimentos externos, atraindo empresas, recursos e gerando empregos e renda para o sertanejo, tirando-o do “cabestro” e dando-lhe ASAS: liberdade!

Esse belo aeroporto foi construído através de uma PPP (Parceria público privada) entre a Prefeitura Municipal de Macaúbas (Prefeito Amelinho) e o empresário Robinson Nunes.

 

FONTE: Blog Alécio Brandão

 


Um comentário:

  1. Se em Macaúbas tivesse uma saúde descente n precisaria tá levando pacientes p outra cidade, mesmo q seja de avião mais mesmo assim é desconfortável p o paciente e p a família tá se transportando p outro lugar,ainda por cima a doença só aparece quando estamos desprevenidos ou seja sem condições financeira e indo p outra cidade só piora a situação,a preocupação só aumenta.Poresse motivo e vários outros é q devemos parar de bater palma p algumas coisas q alguns ver como solução e brigar exigir p nos macaubenses uma saúde descente de respeito p todos nós.

    ResponderExcluir