segunda-feira, 9 de novembro de 2020

ELEIÇÕES 2020: ASSASSINATOS A CANDIDATOS TRIPLICA NOS ÚLTIMOS 4 ANOS


Das vítimas 91% são homens e 83% dos casos ocorrem no interior dos estados. Destes registros, apenas 12% das investigações são concluídas. (Foto: Reprodução / Brasil 61)

O número de assassinatos a candidatos e pré-candidatos as vagas disputadas no período eleitoral triplicou nos últimos quatro anos. Um levantamento conduzido pelas Organizações não-governamentais (ONGs) Terra de Direitos e Justiça Global indica que foram registrados 46 homicídios em 2016 e até setembro deste ano, esse número saltou para 136 mortos. Fora desta estatística o portal Brasil61 apurou que ao menos outros três atentados a candidatos foram registrados na última semana de outubro, sendo dois com mortes, além de um atentado a um jornalista sob a suspeita de denúncias políticas.

Para o analista de risco político, Matheus Albuquerque a violência está diretamente relacionada ao local onde acontece. “Se pegarmos as metrópoles mais violentas do Brasil e fizermos uma relação com o número de casos de violência contra candidatos, é possível enxergar essa relação”, afirma.


FONTE: Sertão Hoje

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário