quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

COVID-19 MACAÚBAS: MACAUBENSE PEGA COVID-19 APÓS TER TOMADO A 1ª DOSE DA ASTRAZENECA


Mesmo fato ocorreu em Salvador com a enfermeira  Maria Angélica de Carvalho Sobrinho, de 53 anos, primeira pessoa a ser imunizada na Bahia, (conforme nota do Bahia Notícias), que tomou a vacina da CoronaVac no dia 19 de janeiro, mas entre os dias 12 e 13/02, começou a sentir mal e fez o teste que deu positivo para a infecção da COVID-19. A CoronaVac, segundo seu laboratório tem uma eficácia de 50,38%.

As vacinas não são 100% mesmo após a segunda dose, mais a importância da vacina é que ela previne a complicação do vírus no organismo, evitando que a pessoa precise de suporte de oxigênio e até mesmo ir parar numa UTI.


No caso de Macaúbas, a pessoa que pegou COVID-19, tomou a primeira dia 1º de Fevereiro,  sentiu os sintomas entre os dias 19 e 20 de fevereiro,  fez o teste RT-PCR (aquele que usa um cotonete introduzido no nariz ou garganta), no dia 21 (domingo), testando assim positivo. Segundo especialistas, ouvidas pelo Bahia Notícias, …”Que para ocorrer a imunização a pessoa precisa receber as duas doses da vacina e respeitar a “janela imunológica”, como é chamado o período que o organismo precisa para reagir ao imunizante, produzindo os anticorpos contra a doença. De acordo com Ceuci, no caso da vacina contra a COVID-19, se está considerando uma janela de cerca de 20 dias.”

A vacina tomada pela pessoa em Macaúbas foi a AstraZeneca, produzida em parceira com a Oxford, que apresentou nos estudos uma eficácia de 76% contra infecções sintomáticas durante três meses após uma única dose… Segundo o portal Agencia Brasil: …”A eficácia da vacina após uma única dose padrão da vacina entre o dia 22 e o 90º dia pós-vacinação foi de 76%, e análises modeladas indicaram que a proteção não diminuiu durante esse período inicial de três meses”, disseram acadêmicos de Oxford.”

O que nos mostra que mesmo os que tomaram uma dose não estão imunes, bem como aqueles que tomaram as duas, pois requer um tempo de maturação para se criar os anticorpos. Sendo assim, é necessário a tomada dos cuidados já conhecidos.


FONTE: Blog Alécio Brandão

Nenhum comentário:

Postar um comentário