quarta-feira, 3 de fevereiro de 2021

GOVERNO DO ESTADO VAI ANUNCIAR CRITÉRIOS PARA VOLTA ÀS AULAS NESTA SEXTA 05 DE FEVEREIRO DE 2021

Durante a reabertura dos trabalhos na Assembleia Legislativa (AL-BA) nesta terça-feira 02.fev.2001, o governador do estado da Bahia, Rui Costa, afirmou que vai divulgar nesta sexta-feira 05.jan.2021 um estudo de volta às aulas. As aulas foram suspensas desde março de 2020, por conta da pandemia do novo Coronavírus.

“Essa semana, encomendei um estudo pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) de parâmetros que podemos adotar para retorno às aulas. Sabemos da extrema necessidade da volta às aulas porque há décadas a Bahia tem indicadores de pobreza elevados e o que transforma a vida do ser humano é a educação. Vamos recuperar o tempo perdido”, afirmou Rui Costa.

O governador ainda falou que será enviado ainda hoje, um projeto de lei que consiste em um programa de monitorias entre alunos. Os estudantes com maiores notas em matemática e português poderão participar e receber uma bolsa de R$ 200 durante os meses letivos.

“Terão dois monitores por turma, e daremos bolsa durante todos os messes que ocorrerem aula. São 2.600 turmas na Bahia, então seriam cerca de 52 mil monitores escolares”, concluiu.

O dirigente acredita que “serão levados em conta a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e indicadores de óbitos”. Logo após a reunião, os critérios serão anunciados.

“Sabemos da extrema necessidade da volta às aulas porque há décadas a Bahia tem indicadores de pobreza elevados e o que transforma a vida do ser humano é a educação”, disse o governador. “Vamos recuperar o tempo perdido”, prometeu.

Para esta recuperação acontecer, Rui Costa afirmou que um projeto de lei será enviado hoje. Ele consiste em um programa de monitorias entre alunos. Os estudantes com notas maiores que 8 em matemática e português poderão participar e receber uma bolsa de R$ 200 durante os meses letivos. Eles ajudariam a ensinar os seus colegas de turma os assuntos dados em sala de aula. A ideia é que sejam dois alunos por classe. “São 2.600 turmas na Bahia, então seriam cerca de 52 mil monitores escolares”.

Caso o projeto de lei seja aprovado, o governador garante que o programa será iniciado “já no retorno das aulas”.

 

FONTE: Metro 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário