segunda-feira, 15 de março de 2021

BOLETIM COVID-19: MACAÚBAS ESTÁ COM 156 CASOS ATIVOS, BARREIRAS 113 ÓBITOS, CATURAMA, RIACHO DE SANTANA, CAETITÉ, RIO DO PIRES, ÉRICO CARDOSO, BOTUPORÃ, BOQUIRA, LAPA, IBIPITANGA, LIVRAMENTO,

Dois municípios do Centro Sul Baiano possuem as menores taxas de mortalidade pela Covid-19 entre os 677 municípios brasileiros com mais de 50 mil habitantes. O melhor resultado até o momento é o de Macaúbas situada na Região da Bacia do Paramirim, com 50.161 habitantes (IBGE/2020), o menos populoso do grupo de municípios, e 10 óbitos/100 mil hab.

No município de Macaúbas se fala que esse pequeno número de casos de óbitos pela COVID-19 se dá graças ao TRATAMENTO PRECOCE realizados pelos Médicos do Município, a raiz da QUINA muito utilizada no município como aditivo amargo em alguns alimentos e bebidas e ao SOL que brilha no município a maior parte do ano.

Tratamento precoce, devido à demora para a entrega dos resultados da COVID-19 (até mais de 10 dias) os médicos de Macaúbas estão salvando muitas vidas com um lema, "SENTIU DOR, FEBRE OU QUALQUER OUTRO SINTOMA DIFERENTE NO CORPO É COVID-19", se o paciente sentir qualquer sintoma diferente no corpo os Médicos entram imediatamente com o Protocolo da COVID-19, está dando tão certo que das 1.229 pessoas contaminadas no município só 6 vieram a óbitos (nossos sentimentos as famílias), ressaltamos que, ainda temos os casos subnotificados se eles fossem computados o número de pessoas contaminadas passaria fácil de 2.000. Os remédios receitados pelos Médicos não causam mal nenhum ao organismo, se não fizer bem, mal também não faz. 

A quina é uma substância que é extraída da casca de uma planta comum nos países da América do Sul, conhecida como quina ou, cientificamente, como Cinchona calisaya. Além de fornecer grandes concentrações de quinina, a árvore quina também contém outros compostos como quinidina, cinconina e hidroquinona, que podem ser utilizados com diversos objetivos, sendo os principais:

- Auxiliar no tratamento da malária;

- Melhorar a digestão;

- Ajudar a desintoxicar o fígado e o organismo;

- Ação antisséptica e anti-inflamatória;

- Combater a febre;

- Reduzir dores no corpo;

- Auxiliar no tratamento de angina e taquicardia.

O SOL é a principal fonte de produção da vitamina se dá por meio da exposição solar, pois os raios ultravioletas do tipo B (UVB) são capazes de ativar a síntese desta substância. Alguns alimentos, especialmente peixes gordos, são fontes de vitamina D, mas é o sol o responsável por 80 a 90% da vitamina que o corpo recebe.

Nossas homenagens e agradecimentos aos profissionais da saúde belo brilhante trabalho que estão realizando em prol da população, já têm 1 ano que os mesmos não têm folga, já estão no limite de suas forças, pedimos a população que pense em suas famílias e nesses profissionais e sigam as recomendações das Secretarias de Saúde dos seus municípios.
















Nenhum comentário:

Postar um comentário