terça-feira, 23 de março de 2021

COVID-19 E CORAÇÃO TIRA A VIDA DE DOIS MACAUBENSES QUE TERÃO SEUS NOMES ESCRITOS NO LIVRO QUE CONTA A HISTÓRIA DE MACAÚBAS 23.MAR.2021




Ano de 2021, ano em que Macaubenses ilustres perderam a vida, completaram o seu ciclo nesse plano e foram para a casa do nosso pai.

O Município de Macaúbas no Estado da Bahia perde ao amanhecer do dia 23 de março de 2021 dois Macaubenses que deixarão seus nomes escritos nas boas páginas do livro que conta a história de Macaúbas.

Pompilio da Rancharia, amigo de verdade, sempre que nos via abria o seu grande sorriso e falava alto, Caturama e ai, conta as novidades, conversava bastante, Pompilio homem honesto, do bem e trabalhador, mesmo forte e valente não consegui vencer as sequelas da COVID-19.


Palmiro Oliveira Azevedo, quem diria que um dia seu coração não fosse aguentar tanta força.

Falar em Macaúbas, falar em patrol, falar em estrada, falar em homem valente e trabalhador é falar de Palmiro.

Homem honesto, trabalhador e valente é falar um pouco das qualidades de Palmiro, ai você me pergunta, diziam que o homem era bravo, para lidar com ele só Sebastião Nunes.

Essa foto acima com o sorriso de Palmiro mostra quem era na verdade esse Macaubense.

Palmiro não gostava de receber ordens, mas, era trabalhador, quando pegava um serviço para fazer, fazia de qualquer jeito, sol, chuva, dia, noite... não tinha tempo e nem horário que atrapalhasse seu serviço, era igual a um 🚜, quando ele aparecia com sua máquina o povo gritava, SAI DA FRENTE, LÁ VEM PALMIRO.

Grande amigo de minha família, quem podia imaginar que um homem tão forte tinha um coração tão frágil.

Palmiro também terá seu nome escrito nas páginas que conta a história de Macaúbas.

Pompilio e Palmiro, vão em paz, que Deus receba vocês de braços abertos.

Um comentário:

  1. A vida é assim,as vezes é preciso alguêm bem proximo partir para sempre,para nos consientizarmos de que fomos criados por Deus para viver em harmonia sempre.A morte desses dois, causou um aperto muito grande dentro do peito e as lagrimas tornaram-se incontidas.Vão amigos amparados e guidos pelo senhor de todas as coisas, de todas as vontades.

    ResponderExcluir